sábado, 11 de setembro de 2010

A proximidade é sempre um perigo!

Aposto que, com este título, vocês pensaram que seria um "post" sobre relacionamentos com pessoas proximas... Mas não tem nada disso.

Alguém, ao menos uma vez, já sentiu aquela angústia de se aproximar do banheiro e sentir, cada vez mais, com a intensidade se multiplicando exponencialmente, uma vontade impar de fazer um xixizinho (urinar, dar uma mijadinha, tirar água do joelho e afins) e percebeu que a mesma só aumenta, e mais, de forma proporcional (quanto mais perto, maior a vontade)!!! Quanto mais proximo de seu objetivo (a privada, a comadre, ou seja lá onde você alivie seus suplicios) maior fica o seu desejo de fazê-lo!!!

Você chega no portão de sua casa (a vontade é razoavel, porém completamente controlavel) então, vc conversa com o porteiro, um cara sempre gente boa que manja de futebol (nesse momento, de razoável ela já passou a, no máximo, suportavel).
É nesse momento que entra em cena um vilão sádico e mal... O Elevador!!! Não sei se pela velocidade, pela mudança de pressão (como se eu morasse no 78° andar),ou por que caraleos ele mexe com sua bexiga (agora é a hora em que você cruza as pernas, da uns pulinhos, tenta pensar em outra coisa, tá começando a ficar feio).
Então começa o duelo ápice e suas três etapas:
-1°. Achar a chave - Sempre perdida nos recantos mais longinquos do seu bolso.

-2°. Coloca-la na fechadura - A danada teima em mudar constantemente de posição só para "tirar uma com a sua cara".

-3°. Girar a maçaneta - Nesse momento vc já esta de pernas cruzadas, segurando a chave nos dentes, e pressionando seu "fazedor de xixi" com uma mão, o que torna essa ação cotidiana um verdadeiro desafio.

Pronto você entrou em casa (quase chorando e com a certeza de que não vai dar tempo), faltam poucos passos até o banheiro, porem, para você sera uma longa caminhada, cheia de tropicos e encontrões.
Finalmente o banheiro, sem se perguntar ou prestar atenção em nada, você coloca "ele" pra fora e alivia uma das maiores angustias da sua vida!!!
Agora, aliviado, sereno, e feliz, você percebe um pequeno detalhe que lhe escapou, a tampa não estava levantada...

Para não ter este tipo de problema existem apenas três soluções conhecidas pela raça humana, usa uma sonda (urgh!!), não beber alcool (ah tá...) e ir ao banheiro no bar, a partir de hoje a ultima coisa que faço no bar não será mais pagar a conta!

FICADICA!

PS: Editado com sobriedade!

7 comentários:

  1. Como não tão conseguindo comentar?

    ResponderExcluir
  2. Desconfio que a sensatez do neto foi afetada pelo álcool.

    ResponderExcluir
  3. Rapaz! Olha como não ter álcool às vezes contribui para a pontuação!

    Mandou bem.

    ResponderExcluir
  4. Sim!!!! kkkkkkkkkk
    Retifico o comentário anterior.

    ResponderExcluir
  5. ow, sua mula! é a última vez que eu edito um post seu, pra colocar marcador. Seguinte: um dos marcadores que vc, obrigatoriamente tem que colocar, é o "O_luz", porque daí mais um post seu é contabilizado no marcador do lado direito.
    Claro... isso se você não quiser postar anonimamente...
    até.

    ResponderExcluir
  6. Pelo menos você mora em Londrina... pior é, além de tudo isso ter que pegar a estrada pra Cambé, parar em blitz e, na hora que chegar em casa, ter que desviar dos gatos tentando se enroscar no seu pé..

    ResponderExcluir