sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Remodelagem do Inferno

A religião cristã está meio que estagnada e o número de ateus cresce a cada dia, acho que isso acontece porque as pessoas não têm mais medo do inferno. Em um mundo onde existe fome, assassinos, políticos corruptos e desastres naturais, aquele mar de fogo não parece ser a pior das opções.

Proponho para a religião cristã uma repaginação do inferno. Para mim o inferno deveria ser feito de coisas cotidianas que te deixam louco enquanto o céu é uma Terra melhorada!

Assim seria o dia de semana do Inferno:

O inferno deveria começar com um dia frio e um despertador que sempre toca atrasado, seguido por um chuveiro que só liga no modo “verão”, um café da manhã de pão murcho com restinho de margarina (aquela que você caça com sua faca e economiza a cada pedaço de pão) junto com um cafezinho frio e muito doce.

No trabalho o chefe (diabo) está sempre com pressa e atrás de você reclamando, o computador desliga aleatoriamente e não salva automaticamente, cada trabalho urgente seria acompanhado de um cliente chato que empaca o serviço, o café é fervente sempre e com pouco pó. Cada minuto equivaleria a 15 minutos do dia normal (com exceção dos útimos 5 que seriam 30 minutos cada).

O happy hour seria sempre no mesmo bar, que tem uma banda desafinada tocando “as top 20 que você não gosta” enquanto um outro cliente bêbado tenta acompanhar as músicas sem saber as letras, a única bebida do bar é Kaiser quente e a porção é a famosa “cara e minúscula”. O jogo de futebol é Íbis Sport Clube contra seu time, seu time perde e você vai embora andando todos os 666 km até casa.

Em casa o elevador pifou e o apartamento é no 666º andar, a geladeira queimou e toda a comida estragou, a TV só passa reprises do domingo legal, a Internet está em reparos e só voltará a funcionar dia seguinte, por fim a cama está quebrada com um colchão furado e cheirando mofo.

E volta tudo de novo.


Estas não seriam as únicas mudanças. Eu garanto que com um inferno assim as religiões cristãs estariam crescendo a pleno vapor, caso o Sr. Deus queira me contatar para uma remodelagem do inferno estou a disposição.

4 comentários:

  1. Faltou ainda trânsito, taxas bancárias, etc. Mas lendo isso chego mais uma vez a conclusão que o inferno é aqui mesmo!!!

    ResponderExcluir
  2. Tá se achando o Dante Alighieri reencarnado... haha

    ResponderExcluir
  3. Alguma verossimilhança com sua rotina?

    ResponderExcluir
  4. Ushi: Dante que nada, meu inferno é muito melhor
    que o dele!

    Perdiga: Nada que não tenha acontecido comigo, mas nunca tudo de uma vez!

    ResponderExcluir